• Contato
  • (34) 3312-5559
  • Seg a Sex | 8h - 11h & 13h - 17h

Notcias


Leia as notcias e novidades do SSPMU
Servidores da PMU tm assembleia geral nesta quarta, 28, na sede do SSPMU
28-03-2018

Nesta quarta-feira, 28 de Março, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba (SSPMU) faz assembleia geral com a categoria, com objetivo de deliberarem sobre a contraproposta do Governo à negociação salarial de 2018. A assembleia será realizada no ginásio poliesportivo do Sindicato, com primeira chamada às 18h30 e segunda chamada às 19 horas.

Na primeira rodada de negociação da pauta de reivindicações de 2018, a Prefeitura reiterou cumprimento do acordo com o SSPMU, de conceder 5,05% de recomposição, mais a inflação acumulada no ano, totalizando 7,13% de ajuste para a categoria, a serem pagos a partir de Março. Além disso, o Governo ofereceu cerca de 15%, a título de ganho real a um grupo de servidores que está na base do Plano de Cargos e Salários.

Objetivo com essa proposta, que atinge cerca de 2.000 funcionários públicos que recebem os menores salários da PMU, é evitar o achatamento do Plano. A tabela salarial para esse grupo começa com o salário de R$ 954,00.

A pauta de reivindicações de 2108 foi aprovada em assembleia geral da categoria realizada em Fevereiro, quando também foi protocolada junto à PMU. À ocasião o funcionalismo da reiterou cumprimento do acordo com o Executivo, quando da negociação salarial/2017, ou seja, 5,5% de recomposição mais a inflação acumulada no ano, a ser concedida em março de 2018, data base da categoria, que totaliza os 7,13%.

Além disso, os servidores deliberaram por mais 13% a título de reposição da defasagem salarial. Quanto ao tíquete alimentação, o SSPMU solicita que passe de R$ 500,00 para R$650,00. A pauta tem 22 itens.

Na primeira rodada de negociação com o Governo foi negado o reajuste do tíquete, sendo que este item deve ser revisto em junho, conforme proposto pelo Município.

Após a reunião entre sindicalistas e a Administração, projeto reajustando os salários do funcionalismo foi levado à Câmara e aprovado pelos vereadores. Os índices aplicados para o ajuste foram os apresentados ao Sindicato.

 

Renata Gomide

Assessoria de Imprensa